Intervalo para recuperação térmica de trabalhadores do segmento de frigorifico

Como proteger o trabalhador das empresas de abate e processamento de carnes e derivados?

Com o intuito de melhorar as condições de trabalho na Indústria Frigorífica em 18 de abril de 2013 foi publicada a Norma Regulamentadora 36. A qual trouxe a implantação das pausas de recuperação psicofisiológicas durante a jornada de trabalho como uma medida importante, permitindo o descanso e recuperação da fadiga entre outras medidas para proteger a saúde dos trabalhadores. Devido à produção em Frigoríficos se caracterizarem pelo desenvolvimento de tarefas simples, onde prevalece o trabalho manual, monótono, repetitivo, altamente desgastante, com ritmo acelerado, com déficits em rodízios funcionais e posturas inadequadas, causando danos a saúde dos trabalhadores., ao mesmo tempo e melhorem a produtividade coletiva dos funcionários.

A Norma Regulamentadora 36 – Segurança e Saúde no Trabalho em Empresa de Abate e Processamento de Carnes e Derivados tem como objetivo estabelecer um padrão de qualidade para avaliação, controle e monitoramento dos riscos existentes nas atividades de abate e processamento de carnes e derivado destinados ao consumo humano.

A finalidade da NR é garantir mais segurança, saúde e qualidade de vida para os colaboradores deste setor, estabelecendo requisitos mínimos para realizar as atividades, priorizando a proteção dos trabalhadores. Desta forma, a Norma é dividida em partes, sendo que a primeira delas contém descrito o objetivo principal da NR e as demais possuem as determinações específicas para cada área dentro de uma empresa.

A implantação da solução SmartX HUB NR36 gerencia o fluxo de pessoas em um trabalho saudável, reduzindo ou eliminando fatores que comprometem de forma direta a saúde, como o estresse, a fadiga, queda na produtividade entre outros, trazem efeitos benéficos para as empresas e principalmente aos trabalhadores.

Principais riscos existentes e as doenças ocupacionais

O trabalho em frigoríficos tem despertado a atenção dos fiscais do Direito do Trabalho, tendo em vista as graves condições em que é desenvolvido, de modo que é negativa a adoção de medidas de proteção à vida e à saúde dos trabalhadores. Os trabalhadores ficam expostos a diversos riscos à saúde, como o frio, os movimentos repetitivos em curto espaço de tempo, o uso de ferramentas cortantes, a pressão psicológica por produtividade, entre outros fatores que, conjugados, tornam extremamente penoso este meio ambiente de trabalho.

Os principais riscos existentes nesses ambientes de trabalho são o frio, os movimentos repetitivos em curto espaço de tempo, o uso de ferramentas cortantes, além de fatores psicológicos que interferem na rotina dos funcionários, como a pressão por produtividade, entre outros fatores que requer atenção do Ministério do Trabalho e fiscalização!

A utilização dos EPIs é uma das medidas preventivas à diversos riscos que os trabalhadores enfrentam no dia a dia, assim como cumprir as normas de segurança estabelecidas.

O alto índice de doenças ocupacionais neste setor são causados principalmente pelas baixas temperaturas que podem causar alguns desconfortos para o trabalhador. A preocupação  das empresas demonstra um número alarmante de afastamentos, mediante concessão de benefícios previdenciários, de trabalhadores que laboram em frigoríficos, sobretudo em razão de doenças como Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbio osteomuscular relacionado ao Trabalho (DORT), bem como em decorrência de acidentes típicos de trabalho, a exemplo de amputações em partes do corpo.

A Solução para Gestão de Pausas Psicofisiológica dos Trabalhadores

Com o novo conceito de organização do trabalho visto pela NR 36, espera-se que com as pausas de recuperação psicofisiológicas os trabalhadores sintam-se mais satisfeitos com as atividades por eles realizadas e com o ambiente onde trabalham. A implantação das pausas é uma contribuição muito importante, visto que as definições de ergonomia visam modificar os sistemas de trabalho para adequar as atividades nele existentes com vistas ao seu desempenho eficiente, confortável e seguro assim buscando que o trabalhador sinta-se mais confortável em seu ambiente laboral.

Neste sentido, lançamos o módulo de gestão de colaboradores completo baseado em Reconhecimento Facial.

O sistema gerencia os tempos dos empregados que trabalham no interior das câmaras frigoríficas e para os que movimentam mercadorias do ambiente quente ou normal para o frio e vice-versa.

A captura de dados pelo sistema de rastreamento fornece ao gerenciamento uma visualização em tempo real no local, permitindo que os supervisores de produção coordenem eficientemente os processos de produção/pausa e melhorem a produtividade e segurança.

Pausas para recuperação psicofisiológica dos trabalhadores

Conforme o item 36.13.2 da NR 36, os trabalhadores que atuam diretamente no processo produtivo, ou seja, trabalhadores que necessitam de repetitividade e/ou de sobrecarga muscular estática ou dinâmica do pescoço, ombro, costas e membros superiores e inferiores, o repouso psicofisiológico deve ser de no mínimo 20, 45 ou 60 minutos, dependendo da jornada de trabalho, respectivamente de 6h, 7h20min ou 8h48min. Também são estabelecidos tempos de tolerância e ainda que os períodos unitários de pausas devem ser de no mínimo 10 e no máximo 20 minutos (item 36.13.2.5).

A distribuição das pausas deve ser de maneira a não incidir na primeira hora de trabalho, contíguo ao intervalo de refeição e no final da última hora da jornada (item 36.13.2.6).

Ainda importa referir que o item 36.13.5 da NR 36 dispõe:

“36.13.5 Para que as pausas possam propiciar a recuperação psicofisiológica dos trabalhadores, devem ser observados os seguintes requisitos:

  1. a) a introdução de pausas não pode ser acompanhada do aumento da cadência individual;
  2. b) As pausas previstas no item 36.13.1 devem ser obrigatoriamente usufruídas fora dos locais de trabalho, em ambientes que ofereçam conforto térmico e acústico, disponibilidade de bancos ou cadeiras e água potável;
  3. c) As pausas previstas no item 36.13.2 devem ser obrigatoriamente usufruídas fora dos postos de trabalho, em local com disponibilidade de bancos ou cadeiras e água potável;”

Confira abaixo mais recursos sobre a solução:

Benefícios

Segundo a tese de mestrado de VANESSA MARQUES CAMARGO, a eliminação ou a redução da  exposição às condições de risco e a melhoria dos ambientes de trabalho para a promoção e a proteção da saúde do trabalhador constituem um desafio que ultrapassa o âmbito da atuação dos serviços de saúde, necessitando de uma equipe multidisciplinar preparada e com conhecimentos suficientes para auxiliar o novo processo, a fim de realizar as pausas de recuperação psicofisiológicas de forma a suprir as necessidades dos  trabalhadores e não somente para cumprir a legislação.

Devem ser de interesse de todos os níveis hierárquicos da empresa, que sejam realizadas melhorias constantes nas condições de trabalho. Para garantir que cargas provenientes da atividade, não ultrapassem os limites fisiológicos do trabalhador, como também não causem problemas a saúde, desta forma, observarão maior motivação e satisfação dos trabalhadores.

Um trabalhador será mais produtivo na medida em que esteja satisfeito no trabalho, e essa satisfação depende das condições de trabalho em que ele desenvolve suas atividades, do ambiente e da forma como ele participa na busca e solução dos problemas, existindo uma relação direta e estreita entre produtividade, relacionamento interpessoal e a satisfação.

Conclusão

A tecnologia de rastreabilidade fornece uma base para informações sobre o rastreamento de pessoas, o status e o desempenho da produção da equipe. O SmartX HUB People Tracking faz parte da solução da SmartX para track & trace e também aproveita as plataformas IoT-RFID, IoT e Cloud para captura de dados. A solução da Smartx HUB para track & trace avança seu sucesso passado em tecnologia de rastreabilidade, permitindo vários casos de uso de negócios por meio de aplicativos e inteligência de negócios.

Ao automatizar seus processos com a tecnologia SmartX HUB RFID-IoT, você pode reduzir os custos operacionais diários reduzindo significativamente os custos de mão-de-obra e erro através da automação de processos. O SmartX HUB oferece uma plataforma escalável que é personalizável e simples de usar, encaixando-se facilmente no seu processo de negócios exclusivo.

A presença global da SmartX HUB, juntamente com sua profunda experiência em transformação de negócios e indústria, provou que as metodologias e a experiência adquiridas com milhares de engajamentos mundiais ajudam os clientes a alcançar resultados reais de negócios e inovação de forma rápida e econômica.

Para obter mais informações sobre como podemos ajudá-lo a superar os desafios para o seu negócio de fabricação ou para conferir uma demonstração gratuita, entre em contato conosco.

Contatos

Benefícios

Saiba mais sobre o que estamos fazendo ultimamente

O trabalhador no frigorífico e a NR 36

O trabalhador no frigorífico e a NR 36

Intervalo para recuperação térmica de trabalhadores do segmento de frigorifico Como proteger o trabalhador das empresas de abate e processamento

Monitoramento de Pessoas em Ambientes Corporativos

Monitoramento de Pessoas em Ambientes Corporativos

Monitore a Segurança e Produtividade de Seus Colaboradores em tempo real Rastreamento inteligente de colaboradores e visitantes com IoT O

Sinalização Digital com Reconhecimento Facial

Sinalização Digital com Reconhecimento Facial

Sinalização Digital com Reconhecimento Facial e Triagem de Febre O Display com Sinalização Digital com TV de LED , identifica

error: