Por que o RFID pode ser uma boa ideia para sua Indústria?

Aplicações do RFID no setor de manufatura

Ao equipar uma linha de produção com o leitor de radiofrequência é possível ter um controle mais forte sobre a produção. Ao mesmo tempo, a possibilidade de comunicação remota gera alta confiabilidade a esse monitoramento e não corre o risco de sofrer com erros humanos no acompanhamento desse processo.

A comunicação pelo sistema RFID também permite que as informações trocadas pelas tags e pelos leitores sejam acompanhadas e programadas digitalmente. Isso significa que é possível usar as informações de deslocamento de objetos para controlar as etapas de produção.

 

A falta de visibilidade em tempo real da movimentação de componentes e produtos manufaturados podem aumentar o risco de perda de controle do físico com os dados do sistema ERP o que pode trazer resultados prejudiciais, como multas junto a clientes por erros, perdas de produção e aumento de inventários de embalagens e materiais (custo de capital) desnecessários. 

A Smartx Tecnologia, acaba de liberar novas funcionalidades do Smartx HUB para gestão de fluxo de itens e embalagens retornáveis e de seus serviços logísticos a partir da inclusão da RFID (Radio-Frequency IDentification).

O que é RFID?

RFID é uma tecnologia de identificação automática que funciona com base na emissão de
sinais de rádio, capazes de identificar e aceder a informações contidas em tags  que podem estão ligadas ou incorporadas aos objetos. Através das tags RFID pode-se conhecer a identidade, localização atual, condição e história de um objeto sem nenhuma intervenção humana.

A captura de dados em tempo real a cada etapa do processo sincroniza o fluxo de produtos e o fluxo de informações, reduzindo/eliminando os erros. 

Além disso, quando comparado aos tradicionais códigos de barra, a tecnologia RFID traz vantagens nomeadamente em relação aos níveis da capacidade, dependência e segurança dos dados. Ao contrário dos códigos de barras, que devem ser digitalizados individualmente, as tags RFID não precisam estar dentro da linha de visão do leitor, podendo ser lidas simultaneamente e incorporadas nos objetos.

Nas fábricas, a aplicação do RFID pode ser em:

Gestão de Embalagens inteligentes

A tecnologia RFID (Radiofreqüência para Identificação de Dados) é a solução ideal para enfrentar os desafios da gestão de embalagens retornáveis, permitindo o rastreamento em tempo real de cada ativo RTI individual, desde o momento em que deixa a sua instalação até o momento em que retorna à empresa. Esse processo se repete consecutivamente.
Com o RFID, a visibilidade ao monitorar o movimento da mercadoria dentro e fora da empresa torna-se precisa e automática, não requerendo intervenção humana.
Para cada cenário ou embalagem, a Smartx customiza os componentes da solução para buscar o melhor retorno sobre investimento no processo adotado.

Rastreamento de Componentes e Produtos

Em uma linha de montagem equipada com RFID, é possível rastrear em tempo real cada item de matéria-prima, os produtos finalizados e até mesmo os objetos em diversas etapas de montagem (WIP, ou Work in Progress).

Colocando leitores em diversos pontos da linha de produção, pode-se controlar a localização de cada objeto com maior precisão. Quanto mais leitores usados, maior a exatidão do rastreamento.

Numa linha de montagem, por exemplo, com mais de 100 versões de produtos, uma fábrica flexível pode  utilizar  porta-ferramentas “inteligentes” equipados com tags RFID. Desta forma eles podem detectar a variante do produto e comunicar os materiais e processos necessários à linha de montagem.

O Rastreamento com RFID pode identificar também a rota de um objeto em todo o ciclo de produção e expedição.

O rastreamento preciso dos itens pode ser integrado com o banco de dados logístico para obter um melhor controle do processo, o que permite planejar os ciclos de manutenção. A contagem precisa dos produtos  através do RFID evita perdas, o que gera a redução de prejuízo para a empresa.

 

Otimização da cadeia logística

O monitoramento de produtos finalizados por meio de RFID oferece alto nível de controle sobre o estoque.

Com isso, as fábricas podem implantar técnicas de gerenciamento de estoque “just in time” para reduzir os custos com a gestão de bens ociosos, o que também ajuda a liberar profissionais para outras tarefas.

O rastreamento automatizado de componentes por meio de tags RFID simplifica a logística e possibilita o gerenciamento em tempo real dos fluxos de stocks e da qualidade. 

Benefícios no uso de RFID na Manufatura

  • RFID proporciona a visibilidade da situação dos ativos em tempo real;
  • Rastreamento e alertas de atraso nas rotas;
  • Transparência na geração de Advanced Shipping Notice (ASN) e
  • Nota Fiscal Eletrônica no local de envio dos ativos (origem) e seu processamento no destino;
  • Relatórios detalhados em tempo real;
  • Identificação precoce de possíveis falhas no processo logístico e inventário;
  • Redução de perdas das embalagens no ciclo;
  • Redução dos estoques de segurança de embalagens na Cadeia de Fornecimento;
  • Automatização do inventário local e no fluxo de movimentação do RTI; e
  • Aumento da produtividade na manufatura e da qualidade do processo de gestão de embalagens.

Porque a Smartx na controle do fluxo da Industria 4.0?

  • Fornece solução end-to-end, ou seja, um único ponto de responsabilidade que reduz o número de fornecedores e custos com governança;
  •   Solução integra em um único Portal todos os parceiros de negócios, garantindo visibilidade integrada da movimentação do ativo com RFID;
  • Oferece menor risco de negócio, em parte devido à conversão dos custos de capital para os custos operacionais mensais;